Tarefa Semanal I Ano 04 de Gramática II Bimestre de 2012

Olá, pessoal!

 

Ai está a quarta tarefa semanal deste I Bimestre. Vocês deverão entregá-la até o dia 21/05/2012 (segunda-feira). Não se esqueçam de que a realização de todas as tarefas do bimestre poderá valer um ponto em sua nota bimestral.

 

Bons estudos,

Antonio Henrique.

MODO DE FAZER:

 

1) Todas as tarefas serão compostas por 4 questões semanais: duas dissertativas e duas alternativas. Cada tarefa vale 0,20 (cada questão vale 0,05). Assim, o aluno poderá somar 1,0 ponto em sua média.

2) As questões alternativas devem ser justificadas, em virtude disso, o aluno deverá explicar em cada alternativa o que está correto e o que não está.

3) O prazo de entrega deve ser exatamente de uma semana após a postagem da lista de exercícios.

 

1. (Fuvest 2012)  Leia o seguinte texto:

 

Pense antes de compartilhar

Cada vez mais pessoas interagem por meio de redes sociais.

O crescimento dessas comunidades reforça uma das principais

discussões relativas à internet: a privacidade.

Época, 15/04/2011.

 

 

a) Qual a razão apresentada por essa matéria jornalística para aconselhar seus leitores a “pensar antes de compartilhar”?

b) No verbete “privacidade”, do Dicionário Houaiss da língua portuguesa, lê-se: trata-se de ang. de empréstimo recente na língua, sugerindo-se em seu lugar o uso de ……………. .

Por que o dicionário sugere que se evite o uso de “privacidade”? Que palavra pode ser usada em seu lugar?

 

2. (Uff 2010)  Cacá Diegues desbrava o Brasil como os brasilianistas de outrora e mostra uma população alijada que tenta se manter entre a cultura tradicional – transmitida por seus antepassados – e a modernidade, que como um bandeirante entra nos mais longínquos rincões do Brasil. O eterno retorno e a interminável travessia resgatada, entre outros, por Euclides da Cunha emergem na obra de Diegues. O filme é uma forma contemporânea de denunciar o Brasil que conhecemos pouco.

 

(http://www.facasper.com.br/cultura/site/ensaio. Adaptação).

 

Texto III

 

“O sertanejo é, antes de tudo, um forte. Não tem o raquitismo exaustivo dos mestiços do litoral. A sua aparência, entretanto, no primeiro lance de vista, revela o contrário. É desgracioso, desengonçado, torto. Hércules-Quasímodo é o homem permanentemente fatigado. Entretanto, toda essa aparência de cansaço ilude. No revés o homem transfigura-se e da figura vulgar do tabaréu canhestro reponta, inesperadamente, o aspecto dominador de um titã acobreado e potente, num desdobramento surpreendente de força e agilidade extraordinárias.”

Euclides da Cunha, Os sertões.

 

Texto IV

a) Caracterize os efeitos de sentido que a intertextualidade do Texto IV (aspectos verbais e não verbais) apresenta com o fragmento de Os sertões (Texto III).

b) Observe a diferença de pontuação entre “O sertanejo é, antes de tudo, um forte.” (Texto III) e “O sertanejo é antes de tudo um agitador!” (Texto IV) e comente os aspectos semântico-estilísticos na produção de sentidos nessas duas frases.

 

TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES:

Futebol de rua

Luís Fernando Veríssimo

 

Pelada é o futebol de campinho, de terreno baldio. (I) Mas existe um tipo de futebol ainda mais rudimentar do que a pelada. É o futebol de rua. Perto do futebol de rua qualquer pelada é luxo e qualquer terreno baldio é o Maracanã em jogo noturno. (II) Se você é homem, brasileiro e criado em cidade, sabe do que eu estou falando. (III) Futebol de rua é tão humilde que chama pelada de senhora. Não sei se alguém, algum dia, por farra ou nostalgia, botou num papel as regras do futebol de rua. Elas seriam mais ou menos assim:

 

DA BOLA – A bola pode ser qualquer coisa remotamente esférica. Até uma bola de futebol serve. No desespero, usa-se qualquer coisa que role, como uma pedra, uma lata vazia ou a merendeira do seu irmão menor, que sairá correndo para se queixar em casa. (…)

 

DAS GOLEIRAS – As goleiras podem ser feitas com, literalmente, o que estiver à mão. Tijolos, paralelepípedos, camisas emboladas, os livros da escola, a merendeira do seu irmão menor, e até o seu irmão menor, apesar dos seus protestos. (IV) Quando o jogo é importante, recomenda-se o uso de latas de lixo. Cheias, para aguentarem o impacto. (…)

 

DO CAMPO – O campo pode ser só até o fio da calçada, calçada e rua, calçada, rua e a calçada do outro lado e – nos clássicos – o quarteirão inteiro. O mais comum é jogar-se só no meio da rua.

 

DA DURAÇÃO DO JOGO – (V) Até a mãe chamar ou escurecer, o que vier primeiro. Nos jogos noturnos, até alguém da vizinhança ameaçar chamar a polícia.

 

DO JUIZ – Não tem juiz.

(…)

 

DAS SUBSTITUIÇÕES – Só são permitidas substituições:

a) No caso de um jogador ser carregado para casa pela orelha para fazer a lição.

b) Em caso de atropelamento.

 

DO INTERVALO PARA DESCANSO – Você deve estar brincando.

 

DA TÁTICA – Joga-se o futebol de rua mais ou menos como o Futebol de Verdade (que é como, na rua, com reverência, chamam a pelada), mas com algumas importantes variações. O goleiro só é intocável dentro da sua casa, para onde fugiu gritando por socorro. É permitido entrar na área adversária tabelando com uma Kombi. Se a bola dobrar a esquina é córner*.

 

DAS PENALIDADES – A única falta prevista nas regras do futebol de rua é atirar um adversário dentro do bueiro. É considerada atitude antiesportiva e punida com tiro indireto.

 

DA JUSTIÇA ESPORTIVA – Os casos de litígio serão resolvidos no tapa.

 

*córner = escanteio

(Publicado em Para Gostar de Ler. v.7. SP: Ática, 1981)

 

 

3. (Ifpe 2012)  Os enunciados abaixo analisam os processos de formação de palavras retiradas do texto. Leia-os e marque a alternativa correta.

a) “Futebol de rua” é uma palavra composta por justaposição.

b) “Embolada” e “merendeira” são termos formados por derivação sufixal.

c) “Intocável” é uma palavra formada por derivação prefixal e sufixal.

d) “Penalidades” é uma palavra formada por composição dos radicais “pena” mais “idades”.

e)  “Antiesportiva” e “indireto” são palavras formadas por derivação prefixal.

 

4. (Ifpe 2012) As palavras grifadas no texto “rudimentar” (1º parágrafo), “remotamente” (2º parágrafo) e “literalmente” (3º parágrafo) podem ser substituídas, sem prejuízo do sentido, respectivamente, por:

a) primitivo, antigamente, conforme a letra.

b) aperfeiçoado, verdadeiramente, realmente.

c) elementar, dificilmente, fielmente.

d) simples, vagamente, propriamente.

e) desenvolvido, completamente, verdadeiramente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: