Tarefa Semanal 02 de gramática do I Ano I Bimestre 2012

Olá, pessoal!

 

Aí está a segunda tarefa semanal deste II Bimestre. Vocês deverão entregá-la até o dia 07/05/2012 (segunda-feira). Não se esqueçam que a realização de todas as tarefas do bimestre poderá valer um ponto em sua nota bimestral.

 

Até mais,

Antonio Henrique.

 

MODO DE FAZER:

 

1) Todas as tarefas serão compostas por 4 questões semanais: duas dissertativas e duas alternativas. Cada tarefa vale 0,20 (cada questão vale 0,05). Assim, o aluno poderá somar 1,0 ponto em sua média.

2) As questões alternativas devem ser justificadas, em virtude disso, o aluno deverá explicar em cada alternativa o que está correto e o que não está.

3) O prazo de entrega deve ser exatamente de uma semana após a postagem da lista de exercícios.

 

1. (Unicamp 2012)  Os verbetes apresentados em (II) a seguir trazem significados possíveis para algumas palavras que ocorrem no texto intitulado Bicho Gramático, apresentado em (I).

 

IBicho gramático

 

Vicente Matheus (1908-1997) foi um dos personagens mais controversos do futebol brasileiro. Esteve à frente do paulista Corinthians em várias ocasiões entre 1959 e 1990. Voluntarioso e falastrão, o uso que fazia da língua portuguesa nem sempre era aquele reconhecido pelos livros. Uma vez, querendo deixar bem claro que o craque do Timão não seria vendido ou emprestado para outro clube, afirmou que “o Sócrates é invendável e imprestável”. Em outro momento, exaltando a versatilidade dos atletas, criou uma pérola da linguística e da zoologia: “Jogador tem que ser completo como o pato, que é um bicho aquático e gramático”.  (Adaptado de Revista de História da Biblioteca Nacional, jul. 2011, p. 85.)

 

II – Dicionário

 

Invendável: que não se pode vender ou que não se vende com facilidade.

Imprestável: que não tem serventia; inútil.

Aquático: que vive na água ou à sua superfície.

Gramático: que ou o que apresenta melhor rendimento nas corridas em pista de grama (diz-se de cavalo). (Dicionário HOUAISS (versão digital on line), houaiss.uol.com.br)

 

a) Descreva o processo de formação das palavras invendável e imprestável e justifique a afirmação segundo a qual o uso que Vicente Matheus fazia da língua portuguesa “nem sempre era aquele reconhecido pelos livros”.

b) Explique por que o texto destaca que Vicente Matheus “criou uma pérola da linguística e da zoologia”.

 

2. (Fuvest 2012)  Leia com atenção o seguinte texto:

 

A onipresença do olho mágico da televisão no centro da vida doméstica dos brasileiros, com o 1poder (imaginário) de tudo mostrar e tudo ver que os espectadores lhe atribuem, vem provocando curiosas alterações nas relações entre o público e o privado. Durante pelo menos dois séculos, o bom gosto burguês nos ensinou que algumas coisas não se dizem, não se mostram e não se fazem em público. Essas mesmas coisas, até então reservadas ao espaço da privacidade, hoje ocupam o centro da cena televisiva. Não que o bom gosto burguês deva ser tomado como referência indiscutível da 2ética que regula a vida em qualquer sociedade. Mas a inversão de padrões que pareciam tão convenientemente estabelecidos nos países do Ocidente dá o que pensar. No mínimo, podemos concluir que a burguesia do terceiro milênio já não é a mesma que ditou o bom comportamento dos dois séculos passados. No máximo, supõe-se que os fundamentos do contrato que ordenava a vida social entre os séculos XIX e XX estão profundamente abalados, e já vivemos, sem nos dar conta, em uma sociedade pós-burguesa, num sentido semelhante ao do que chamamos uma sociedade pós-moderna. (Maria R. Kehl, in Bucci e Kehl, Videologias: ensaios sobre televisão).

 

a) O que a autora do texto quer dizer, quando se refere ao “poder de tudo mostrar e tudo ver” (ref.1), atribuído à televisão, como “imaginário”?

b) Indique a palavra do primeiro período que tem o mesmo significado do prefixo que entra na formação da palavra “onipresença”.

c) Indique uma palavra ou expressão do texto que corresponda ao sentido da palavra “ética” (ref.2).

 

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:

 

Todas as variedades linguísticas são estruturadas, e correspondem a sistemas e subsistemas adequados às necessidades de seus usuários. Mas o fato de estar a língua fortemente ligada à estrutura social e aos sistemas de valores da sociedade conduz a uma avaliação distinta das características das suas diversas modalidades regionais, sociais e estilísticas. A língua padrão, por exemplo, embora seja uma entre as muitas variedades de um idioma, é sempre a mais prestigiosa, porque atua como modelo, como norma, como ideal linguístico de uma comunidade. Do valor normativo decorre a sua função coercitiva sobre as outras variedades, com o que se torna uma ponderável força contrária à variação. (Celso Cunha. Nova gramática do português contemporâneo. Adaptado).

 

3. (Fuvest 2012)  De acordo com o texto, em relação às demais variedades do idioma, a língua padrão se comporta de modo

a) inovador.

b) restritivo.

c) transigente.

d) neutro.

e) aleatório.

 

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:

 

Leia o seguinte trecho de uma entrevista concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa:

 

Entrevistador: – O protagonismo do STF dos últimos tempos tem usurpado as funções do Congresso?

Entrevistado: – Temos uma Constituição muito boa, mas excessivamente detalhista, com um número imenso de dispositivos e, por isso, suscetível a fomentar interpretações e toda sorte de litígios. Também temos um sistema de jurisdição constitucional, talvez único no mundo, com um rol enorme de agentes e instituições dotadas da prerrogativa ou de competência para trazer questões ao Supremo. É um leque considerável de interesses, de visões, que acaba causando a intervenção do STF nas mais diversas questões, nas mais diferentes áreas, inclusive dando margem a esse tipo de acusação. Nossas decisões não deveriam passar de duzentas, trezentas por ano. Hoje, são analisados cinquenta mil, sessenta mil processos. É uma insanidade. (Veja, 15/06/2011).

 

4. (Fuvest 2012)  Tendo em vista o contexto, a palavra do texto que sintetiza o teor da acusação referida na entrevista é

a) “usurpado”.

b) “detalhista”.

c) “fomentar”.

d) “litígios”.

e) “insanidade”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: